GERAL

Ferrari Enzo é o novo carro mais caro vendido em um leilão online

Publicados

em


source
Ferrari Enzo
Divulgação

Ferrari Enzo: O último hiper-carro “raiz” e que marcou época, com câmbio de Formula 1, motor V12 aspirado e visual consagrado nos anos 2000

As casas de leilões pelo mundo já estão acostumadas a ver relíquias da Ferrari superar recordes. E, então, eis que a Ferrari Enzo, modelo de produção limitada que leva o nome do criador da marca, quebra a banca mais uma vez. Foi vendida por 2,3 milhões de euros, ou R$ 12,9 milhões, via internet, tornando-se o carro mais caro da história a ser leiloado online. O evento online foi feito pela RM Sotheby’s, uma das casas de leilões mais famosas do planeta.

LEIA MAIS: Ferrari traz ao Brasil novo supercarro que custa R$ 3,5 milhões

Ferrari
Divulgação

A grade traseira estreita, logotipo pequeno,além das quatros saídas de escape e quatro lanternas traseiras, despertam muitas saudades

Sem que o milionário pudesse vê-la por perto, o novo recorde desbanca outra Ferrari vendida em 2015, uma 288 GTO de 1985, que sido tinha sido arrematada por 2 milhões de euros na época, R$ 8,4 milhões. A Ferrari Enzo , ano/modelo 2003, teve apenas 400 exemplares fabricados.

Leia Também:  Surto de covid no Brasil deve "acabar" depois do Natal, sugere estudo

LEIA MAIS: Ferrari que foi da polícia italiana é colocada à venda

Tecnologia que surpreende até hoje

Ferrari
Divulgação

Seu interior equivale aos hiper-carros atuais, que mostram o forte vinculo com a equipe de Formula 1

E a famosa frase de Enzo Ferrari de que “quando você compra uma Ferrari, paga-se apenas pelo motor e o resto vem de graça”, é eternizada nesse hiperrcarro, através do que se encontra debaixo do capô. O modelo tem um motor 6.0 V12 que entrega 660 cv e 65,7 kgfm. A tração é traseira e o câmbio automatizado, de seis marchas. Os números garantem uma aceleração de zero a 100 km/h em apenas três segundos e atinge uma velocidade máxima de 250 km/h.

LEIA MAIS: Vídeo mostra fabricação da Ferrari SF90 Stradale; assista

O primeiro proprietário desta Enzo foi um colecionador de São Francisco (EUA), que ficou com o modelo até 2018, quando decidiu vender. Entretanto, nenhum dos dois donos rodou tanto assim com o hipercarro, o que se observa pelos seus pouco mais de 2.000 km no odômetro. A unidade também é uma das poucas, entre as 400, que conta com os revestimentos dos bancos com os emblemas feitos em impressoras 3D, item que era vendido como opcional e que poucos clientes da  Ferrari quiseram.

Leia Também:  Governo publica MP que abre crédito para empresas de turismo
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

GERAL

Mercedes lança sedã esportivo que custa mais de meio milhão de reais

Publicados

em


source
AMG GT 43
Divulgação

AMG GT 43: Sedã que surpreendeu a Europa por sua similaridade com os cupês esportivos da AMG

A Mercedes confira a chegada de 20 unidades do sedã esportivo AMG GT43 de quatro portas ao Brasil,  por R$ 575.900. Com isso, vai aumentando a lista dos modelos exclusivos e de alto valor que são confirmado no Brasil no meio da pandemia e durante uma das maiores crises da história. Já chegaram Audi R8 V10 , Ferrari F8 Tributo , Mini JCW GP , entre outros.

O sedã esportivo vem equipado com motor com 3.0 litros de cilindrada, de 6 cilindros em linha, capaz de render com 367 cv e nada desprezíveis 50,1 kgfm de torque. Com câmbio automático de 9 marchas, o carro é capaz de acelerar de  0 a 100 km/h em 5 segundos, de acordo com a marca alemã.

LEIA MAIS: Mercedes revela quatro lançamentos para o primeiro semestre

Em relação à versão mais cara do modelo, o AMG GT 63 S 4Matic+, o AMG GT 43 é quase R$ 1 milhão mais em conta, ante os R$ 1.455.900 do “irmão” mais sofisticado. Por outro lado, não deixa para trás as tecnologias mais recentes da divisão de supercarros da Mercedes-Benz . É equipado com o sistema EQ Boost, que combina o motor de partida e o alternador a um motor elétrico entre o motor e a transmissão. Além de mais suavidade e economia de combustível, adiciona 22 cv e 25,5 kgfm quando acionado.

Leia Também:  Anticoagulante reduz em 70% a infecção de células pelo novo coronavírus

LEIA MAIS: Mercedes A35 AMG: foguete de bolso

Mais tecnologia

AMG
Divulgação

Na traseira, o caimento do teto propicia uma melhoria aerodinâmica, o que aprimora a sua eficiência

Entre os itens de série, vem com quadro de instrumentos digital, sistema de estacionamento semi autônomo, faróis de LED adaptativos (que ajustam o feixe de luz de acordo com a iluminação do ambiente e o tráfego) e frenagem automática de emergência com aviso traseiro.

LEIA MAIS: Mercedes GLA 45 AMG: um aventureiro endiabrado

Há também chave presencial para acesso do veículo e partida do motor, seletor de modos de condução (que ajustam motor, suspensão, transmissão e direção), ar-condicionado digital de 4 zonas, sistema de som Burmester de 14 alto-falantes e amplificador de 10 canais com 640 watts e aquecimento nos bancos dianteiros.

Para quem for utilizar o sedã esportivo da Mercedes-Benz nas pistas, o AMG Track Pace, integrado ao sistema multimídia, registra os tempos de volta e aceleração, além de dados de telemetria ao vivo. Veja abaixo o vídeo oficial do novo sedã esportivo.

Leia Também:  Surto de covid no Brasil deve "acabar" depois do Natal, sugere estudo




Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA